TVBS

08 dezembro 2016

México vence a primeira edição do Mister Supranational; brasileiro fica em quarto lugar

Diego Garcy, do México, foi o grande vencedor e fez história ao vencer a primeira edição do Mister Supranational. Diego, que também levou os títulos de Mister Américas e Mr. Elegância Supranational, é um modelo internacional natural de Zapopan, um município do estado de Jalisco, no México. Ele tem 26 anos, 1,89 m de altura e é formado em Administração de Empresas.

O mexicano ganhou um prêmio de US $ 10,000 (cerca de 33 mil reais) em dinheiro, um contrato com a agência de modelos Nowa Scena, uma viagem ao Egito como um convidado VIP no Miss Eco 2017, entre outros prêmios.


A final do concurso ocorreu no último sábado, 04 de dezembro, em Krynica Zdrój, na Polônia.

O vencedor recebeu o troféu e a faixa das mãos de Srinidhi Shetty, eleita Miss Supranacional 2016 na noite anterior, 03 de dezembro.
Na ordem: Brasil, Belarus, México, Índia e Romênia
Sergey Bindalov, representante de Belarus, ficou em segundo lugar e conquistou o título de Mister Europa Supranational. Jitesh Naresh Thakur, da índia, que reinará em seu próprio continente como o Mister Ásia Supranacional, terminou a competição na terceira posição. O brasileiro Bruno Vanin foi o quarto, enquanto Catalin Brinza, da Romênia, ficou em quinto.

Os 10 semifinalistas foram os representantes da Venezuela, Gustavo Acevedo (6º lugar), Dinamarca, Marcus Rosenberg Jorgensen (7º lugar), Polónia, Rafał Jonkisz (8º lugar), Panamá, Michael Piggott (9º lugar) e Japão , Ricky Wakabayashi (10º lugar).

Nenhum comentário:

Postar um comentário